sábado, 28 de setembro de 2013

O que dizer aos nossos irmãos judeus sobre a promessa que Deus fez a eles, isso foi esquecido?

Pergunta feita por Eugenio Scalfari, cofundador do jornal italiano La Republica, ao Papa Francisco.
Abaixo trechos da resposta.
- Acredite em mim, esta é uma questão que nos envolve radicalmente como cristãos, porque, com a ajuda de Deus, a partir do Concílio Vaticano II, descobrimos que o povo judeu ainda é, para nós, a raiz sagrada a partir da qual nasceu Jesus.
 Eu muitas vezes, enquanto rezava perguntei a Deus, sobre a terrível experiência da Shoá. O que posso dizer, acompanhado pelo apóstolo Paulo, é que Deus nunca deixou de acreditar na aliança feita com Israel e que, através das provações terríveis destes últimos séculos os judeus mantiveram sua fé em Deus. E por isso nós, pela Igreja, mas também pela Humanidade em geral, nunca lhes seremos gratos o suficiente. 

Perseverando na sua fé em Deus e na aliança, eles lembram a todos, até mesmo a nós como cristãos, que estamos sempre à espera do retorno do Senhor, e que, portanto, devemos permanecer abertos a Ele e nunca refugiar-se no que já conseguimos.
Texto completo aqui.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Stats

Stat