sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

O que significa "a banalidade do mal"?

Hanna Arendt cunhou este termo que tem sido erroneamente explicado como o mal inerente em cada ser humano. Ela chegou a ele através de questionamentos como "O que precisa acontecer em uma sociedade para uma maioria de algum tipo transformar o mal em moralidade?". E, concluiu que o fardo da humanidade - que ao lado do abrangente Humanismo também desenvolveu outros "ismos" onde o "outro" é excluído, repousa sobre os ombros do indivíduo. Portanto, em sua obra Arendt reforçou o valor do pensamento, e da autocrítica, como ferramentas capazes de opor o ser humano à banalidade da ocasional moralidade da vez que justifica o mal. Ada Ushpiz, no Haaretz.

domingo, 25 de dezembro de 2016

domingo, 11 de dezembro de 2016

O que é "deliberate practice"?

Literalmente prática deliberada, ou seja treinar com um propósito, é praticar uma atividade altamente estruturada com o objetivo específico de melhorar o desempenho. Este termo foi cunhado por K. Anders Ericsson, autor do livro Peak - How to Master Almost anything (veja o vídeo abaixo!!!). Em essência, desloca a nossa percepção de talento para um novo paradigma: nosso limite depende do quanto perseveramos. Corbett Barr escreveu um bom artigo sobre o tema aqui.

domingo, 23 de outubro de 2016

Who is calling?

 

Veja aqui “Hineni, hineni" que em hebraico significa "Eis me aqui, estou pronto", explicação interessante do próprio Leonard Cohen.

Stats

Stat