sábado, 25 de dezembro de 2010

A Regra das 10.000 horas

A grosso modo é obrigatório investir 10.000 horas de trabalho/treino pessoal para adquirir a maestria numa profissão, arte, esporte ou negócio. E, isto tem mais valia do que nascer com o dom!
Malcom Gladwell, em no seu livro Outliers (Fora-de-Série).

                           Imagem do Site Zazzle

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Destino 10 - Destino e Carma podem ser mudados?

A sorte, ou o destino, podem ser mudados, mas o carma, não.
Por exemplo, um jovem está destinado a ser um cantor bem-sucedido e famoso, mas precisa resolver seu carma passado, abandonando os vícios. Se escolher novamente se tornar alcoólatra na vida atual, não terá aprendido sua lição cármica, e por isso seu destino será alterado. Por outro lado, se conseguir superar o vício, aprender sua lição cármica, será capaz de concretizar seu destino.


James Van Praagh, no livro Assuntos Pendentes.

sábado, 11 de dezembro de 2010

Livre Arbítrio 3

A amizade é a mais elevada forma de relacionamento, porque na amizade não há compulsão, ela nasce do livre arbítrio do coração. 


Paramahansa Yogananda em Divine Romance

sábado, 4 de dezembro de 2010

Tudo o que não se regenera acaba se degenerando.

- Tudo o que se encontra em estado nascente é apaixonante: um amor, uma revolução, uma infância. Mas tudo tende também a degenerar, a enrijecer, a esclerosar-se, a degradar-se, a morrer. Ora, a grande lição que a organização viva nos dá é que ela é capaz de regenerar-se trocando as moléculas e as células do corpo que se degradam por moléculas e células que o regeneram. De onde a verdade do "viver de morte, morrer de vida", de Heráclito. Um amor duradouro é um amor sem cessar re-nascente, que continuamente reencontra o enamoramento.


- Para manter uma conquista, é preciso regenerá-la sem parar. Para cada um e para todos, para si mesmo e para o outro, no amor, na amizade, no avanço da idade, é necessária a regeneração permanente. "Quem não está (ocupado) nascendo está (ocupado) morrendo", canta Bob Dylan. É uma das mais importantes lições que eu extraí dos 32 anos de trabalho e de esforço necessários para O Método. Para progredir, é necessário reencontrar a fonte regeneradora. Ela está em cada um de nós, como estão em cada um de nós – faz pouco tempo que temos conhecimento disso – as células tronco capazes de regenerar nossos órgãos, mas que ainda não sabemos utilizar. Nós possuímos em nós mesmos, não a fonte da vida eterna, mas a força da juventude. Isto, mesmo na idade madura, o que muitos, adulterados antes da idade, ignoram. Garcia Márquez observava: "não digam que vocês não se apaixonam mais porque estão velhos, digam que vocês estão velhos porque não se apaixonam mais". A fonte da juventude chama-se amor.
Edgar Morin, autor de O Método.



Imagem do Salud Blog

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Fotógrafo cura depressão de avó registrando-a como uma heroína de filmes e quadrinhos

Foi assim que o fotógrafo francês Sacha Goldberger conseguiu ajudar sua avó a se curar de uma depressão. Delicadamente apelidada de Mamika, a série de fotografias de Frederika Goldberger, de 91 anos, se inspira em passagens de sua própria vida.

Nas imagens, ela aparece vestida de super-heroína. Tudo foi pensado pelo seu neto porque, quando jovem, a húngara Mamika salvou 10 pessoas da perseguição nazista durante a Segunda Guerra Mundial, arriscando sua própria vida escondendo judeus em sua casa em Budapeste e os enviando para outros lugares.

Depois de problemas com o governo comunista, migrou para a França onde constituiu família e vive até hoje. Tocado pela tristeza que assolava os dias da avó, o fotógrafo propôs o ensaio que acabou fazendo tanto sucesso que até rendeu uma página no MySpace só para ela.

Hoje, Frederika recebe elogios e recados do mundo todo. Apesar de o início ter sido um pouco complicado, já que ela demorou um pouquinho para entender o ensaio e a internet, hoje parece gostar de todas as mensagens que recebe, que são uma forma do público demonstrar admiração pela sua história e pelas lindas fotografias.


Revista TPM

Stats

Stat