quarta-feira, 4 de junho de 2008

A Cabeça do Brasileiro

Este é o título deste livro, interessante e que enterra muitos preconceitos, escrito pelo sociólogo Alberto Carlos Almeida (Ed. Record, 280 páginas). Para quem ainda acha que estudar não compensa, que a elite do país é burra, etc. aí vão alguns tópicos:

Quais são os valores da elite e do restante da população ? A pesquisa, base para este livro, demonstra isto claramente. Aí vão três perguntas e suas respostas:

Pergunta: se alguém é eleito para o governo, deve usar o cargo em benefício próprio ?
Respostas: concordam -
analfabetos, 40% ;
nível superior, 3%.

Pergunta: É certo usar o jeitinho para se livrar de multas ?
Respostas: concordam -
analfabetos, 57% ;
nível superior, 33%.

Pergunta: A polícia deve bater nos presos para que confessem seus crimes ?
Respostas – concordam –
analfabetos, 51%;
nível superior, 14%.

Conclusão do escritor: Sem um esforço para universalizar e qualificar a educação, a sociedade brasileira continuará atrasada material e moralmente.

Fonte:
PolibioBraga

4 comentários:

  1. resta saber até que ponto a classe universitária não é hipócrita nas respostas. Vejo há muito tempo, nas universidades acdêmicos fazendo de tudo para se dar bem, seja colando em provas, seja copiando e colando trabalhos, monos e até teses, seja indo pra cama com professores pra conseguir uma indicação numa boa empresa.
    Os principais partidos políticos adotam um mesmo preceito: o candidao pode ter qualquer nível de escolaridade, o assessor dele deve ter, no mínimo, diploma de nível superior. Se há gente corrupta no governo, e prosperando sempre, há gente muito estudada providenciando para que os meios e as ferramentas sejam possíveis.

    ResponderExcluir
  2. Noé, respondendo sua pergunta deixada no meu blog, a Nirvana não está mais fazendo templates, aliás anda afastada do mundo virtual.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  3. Concordo demais: "Sem um esforço para universalizar e qualificar a educação, a sociedade brasileira continuará atrasada material e moralmente."
    Belo post.
    Beijo
    =)

    ResponderExcluir
  4. TonMoura,
    Grato pela visita.
    Concordo com suas colocações, mas observo que o ponto em foco para mim é: melhor sem ou com estudo? E acho que a gente tende a tangenciar dizendo coisas do tipo...o q importa é o caráter. Embora isto seja verdadeiro, concluo q é melhor com caráter E com estdo, do q com caráter e sem estudo.

    Camila,
    Grato pela visita e comentário!

    Abraços,
    Noé

    ResponderExcluir

Stats

Stat