quarta-feira, 7 de março de 2012

O que é a Teoria da Dissonância Cognitiva?

A Teoria da Dissonância Cognitiva afirma que cognições contraditórias entre si servem como estímulos para que a mente obtenha ou produza novos pensamentos ou crenças, ou modifique crenças pré-existentes, de forma a reduzir a quantidade de dissonância (conflito) entre as cognições. Assim, Festinger explica por que as pessoas procuram manter a coerência entre suas crenças, opiniões e atitudes, bem como entre elas e seu comportamento.
A Wikipedia cita como exemplo a fábula A Raposa e as Uvas, de Esopo. Quando a raposa percebe que não consegue alcançar as uvas, ela decide que não as quer de qualquer modo, um exemplo da formação adaptativa de preferências, com o objetivo de reduzir a dissonância cognitiva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Stats

Stat