sábado, 3 de novembro de 2012

Fim com dor, ou dor sem fim?

Melhor um fim doloroso, do que a dor sem fim. 
Fausto, personagem de Goethe.

Há uma versão tupiniquim que é assim: 
Melhor um fim horroroso, do que um horror sem fim.

Stats

Stat